Materiais de Apoio para o Movimento Estudantil de História

MATERIAIS 

A produção de materiais por parte do movimento estudantil de história é muito importante como uma forma de propiciar que os debates sejam acessíveis para um número maior de pessoas, bem como garantir que um acúmulo de discussão não se perca. Afora isso, esse materiais também devem ser utilizados para trazer novas estudantes para a construção de um movimento forte!

Nesse sentido, também é necessário que tenhamos uma política de memória com relação a esses documentos, armazenando-os de forma a estarem disponíveis para acesso.

Aqui você pode conferir alguns materiais produzidos pela FEMEH nos últimos anos. Recolhemos materiais referentes tanto aos fóruns deliberativos e organizativos da federação (atas e relatorias) quanto produções de jornais, cartilhas e outros materiais produzidos ao longo dos anos. Se você tiver algum material da federação que não consta no sítio, envie para femehistoria@gmail.com e colocaremos aqui!

Esperamos que você encontre aqui materiais interessantes para situar-se no histórico e conjuntura da federação e vir construí-la conosco!

CARTILHA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA ENTIDADES DE HISTÓRIA


Esta é uma cartilha produzida pela Secretaria de Finanças da FEMEH com diretrizes que visam uma melhor organização e reforço de recursos monetários, podendo ser seguidas pelas entidades de História afim de gerar maior autonomia em seus centros. Boa leitura!


1) Organize as finanças:
- O primeiro passo para organizar as finanças é definir e controlar todos os gastos, se for o caso considerando sempre uma renda mensal. Para isso, é indispensável elaborar o orçamento do centro. Anote todas as despesas, inclusive as pequenas, pois elas fazem diferença.
- Defina metas. Na hora de planejar, mantenha o foco, pois ser objetivo e possuir um propósito claro são atitudes que ajudam no momento de tomar decisões. Para que sua meta não se perca em meio a tantas outras, é importante ir direto ao ponto, entender e aceitar prioridades e refletir se elas são, de fato, relevantes.
- Forme uma reserva financeira para emergências, poupando de 5% a 10% do caixa, ou o valor que estiver disponível no momento. Nunca comprometa 100% da renda!
- Caso o centro possua contas fixas, pague-as em dia, evitando as multas e os juros. Sempre que possível, opte pelo pagamento à vista e negocie um desconto.
- Antes de fazer novas dívidas, quite as que já possui.
- Faça listas com todos os itens que precisa antes de comprá-los. Planeje, reflita e decida, afinal, é muito difícil ganhar dinheiro para gastar com produtos desnecessários.
- Na hora de definir metas financeiras, é preciso dimensioná-las numericamente, estabelecendo valores. Assim, você poderá quantificar o esforço necessário para atingi-las, o que torna o processo muito mais claro e realista. O estabelecimento de um plano de ações é uma ferramenta de organização que ajuda bastante nesse processo de educação financeira, pois permite a verificação e o acompanhamento de resultados.

 

2) Como fazer o dinheiro render:
- Promova pelo menos uma festa por semestre, além de integrar os estudantes, a venda de bebidas e comidas podem gerar um aumento da renda do centro.
- Monte um brechó do centro! Primeiro faça uma campanha de arrecadação de roupas, sapatos e outros para o brechó e depois venda os produtos com preços
acessíveis para todes. Aproveite e faça uma conta no instagram para o brechó ter mais alcance. O brechó reflete as boas práticas do consumo consciente,
gerando economia para você e para o mundo.
- Faça rifas. A rifa é uma alternativa simples para arrecadação de dinheiro, então trasse uma meta de valor e estabeleça um bom prêmio.

Criado pela Secretaria de Comunicação da Federação do Movimento Estudantil de História

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube